© 2018 por Clínica do Piolho

Pediculose 

A pediculose é uma doença de pele, provocada pelos piolhos, pequenos parasitas que se alimentam do sangue do hospedeiro, provocando desta forma coceira e irritação no couro cabeludo.

O piolho reproduz-se muito rapidamente, colocando os seus ovos – lêndeas – no couro cabeludo do hospedeiro. Por isso, é fundamental tratar do problema logo que seja detectado.

Esta é uma doença bastante comum, que atinge todas as pessoas, com maior incidência em crianças em idade escolar. Ao contrário do que se pensa, a pediculose não está relacionada com falta de higiene.

 

 

Detecção e diagnóstico:

Como os piolhos e seus ovos são muito pequenos e difíceis de ver, uma infestação também é difícil de detectar e diagnosticar, até mesmo para muitos profissionais de saúde.

No momento da detecção, uma infestação média inclui muitas vezes 10 a 15 piolhos incubados e 20 a 30 lêndeas.

Os piolhos e as suas lêndeas encontram-se quase exclusivamente no cabelo e couro cabeludo. Muitas vezes estes estão ao redor e atrás das orelhas e perto do pescoço, na parte de trás da cabeça. Muito raramente os piolhos e as lêndeas são encontrados nas pestanas ou sobrancelhas.

Quais são os sintomas?

  • Sensação de picos e agulhas ou algo que se move no cabelo;

  • Coceira excessiva geralmente causada por uma reação alérgica às picadas dos piolhos;

  • Irritabilidade e dificuldade em dormir, pois eles são mais ativos no escuro;

  • Ferimentos na cabeça devido à coceira, que podem infectar caso a situação não seja tratada a tempo.

 

Nos últimos 5 a 10 anos, a infestação por piolhos têm aumentado em muitas regiões do mundo, porque os piolhos têm desenvolvido resistência genética aos pesticidas encontrados nos produtos tradicionais e aos medicamentos com ou sem prescrição.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now